barco, Conhecimento Náutico

Manutenção de motor de popa: como e quando fazer?

Para os amantes da pesca, ter um bom barco que facilite a locomoção em grandes mares e rios é fundamental para uma pesca bem-sucedida, encontrando os melhores peixes. Para isso, ter a manutenção de motor de popa em dia é essencial.

Mesmo sendo um equipamento de alta qualidade e que apresenta poucos problemas, o motor de popa precisa de revisões regulares e cuidados para que tenha uma vida útil mais longa e sempre garantindo uma excelente pesca. Quer saber mais sobre a manutenção do motor de popa? Continue a leitura!

Tipos mais comuns de motor de popa

Como todo equipamento mecânico, os motores de popa usados em barcos de pequeno porte podem apresentar problemas. Na hora de ir para uma pescaria imperdível ou voltar para terra firme com o barco cheio de peixes, passar pelo imprevisto de ter um motor de popa com problemas mecânicos é, no mínimo, desanimador.

Em geral, os motores mais comuns entre pescadores amadores são os motores de popa de 2 tempos (2T) com potência de 25 HP carburados. Esses motores são potentes e perfeitos para pequenos barcos, suprindo a necessidade desses pescadores. Os motores de 2 tempos podem ser revisados e cuidados pelos proprietários, desde que sejam seguidas as dicas de limpeza e manutenção da montadora do motor.

Regras para a manutenção do motor de popa

A revisão é necessária, sempre em tempos regulares definidos pelo fabricante do produto ou de acordo com o tempo de garantia do motor. Em geral, o tempo de revisão para cada parte do motor de popa deve obedecer a seguinte regra:

50 a 100 horas de uso

  • Troca de óleo (óleo 90 tipo hipóide API GL5);
  • Velas de ignição;

300 horas

  • Velas do motor.

Cuidados com o motor de popa

Estar atento a outros dispositivos do motor de popa, como a hélice e o polimento da pintura, garantem que o motor continue em boas condições de uso e funcionamento. A maior parte dos problemas que os motores de popa apresentam são consequência do mau uso de seus proprietários. Pequenos cuidados podem garantir maior vida útil do equipamento:

  • Sempre verificar se o tanque de gasolina com o parafuso do suspiro de ar está aberto, e observar se a mangueira do tanque está conectada corretamente para que não haja vazamento de combustível durante as viagens;
  • Para pescadores amadores, que fazem poucas pescarias anuais, é recomendado que sempre tenha um abastecimento de gasolina nova, com menos de 30 dias de uso e colocar o motor para funcionar pelo menos duas vezes por mês;
  • A cada viagem, é importante que se verifique o nível de água no motor e a pressão dela quando sai do motor, pois o seu fluxo deve ser constante e forte para que não haja superaquecimento do motor e, consequentemente, a queima de algum componente do motor durante as viagens;
  • Quando der a partida no motor, espere até 5 minutos no neutro, para que o motor aqueça suavemente e da forma correta, acelerando aos poucos quando em movimento. Ao desacelerar, também fazer isso gradativamente, aguardando até 5 minutos para desligar e não comprometer o motor.

Caso o motor apresente qualquer outro problema não mencionado no post, deve ser levado a um especialista mecânico em manutenção de motor de popa ou na assistência responsável pela garantia do fabricante, para que seja verificada a causa do problema. Evite abrir o motor ou mexer em peças sem ter o conhecimento necessário.

Para uma pescaria de sucesso, assine nossa Newsletter e receba mais novidades e informações do mundo da pesca!

Fonte: QUISTY

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 × um =